Melhorando o charm (suporte a correção ortográfica para múltiplos idiomas)

Hoje cedinho lhe apresentei o charm, que é uma interface em python para gerenciar blogs.

É por essas coisas que gosto de S.L (software livre). O charm é feito em python, e o executável é fonte. Se quiser modifique-o!

Foi isso que fiz, estou gerenciando pelo charm dois blogs, um em inglês e outro em alemão.

Qual o problema?
- Por padrão o charm faz a verificação ortográfica considerando o idioma do sistema (usando o aspell), mas eu não quero verificar português em textos em inglês ou outro idioma.

Fiz o seguinte, quando o usuário escolhe que quer fazer a verificação ortográfica, ele agora pede em qual idioma. Segue a modificação.

Não tinha o que está na linha 2046, e o que está na linha 2051 não estava concatenado com o idioma. Simples não!?

Agora ele está verificando em qualquer idioma que o aspell esteja instalado em sua máquina. Na minha, português, inglês, alemão, turco e espanhol.



Agora uma série de prints para mostrar que está funcionado.

Chamamos o charm e escolhemos uma nova postagem.


Vamos editar (colocar) um texto, um corpo para esse post.


No meu caso o editor padrão do charm é o vi, mas você pode configurar o editor que quiser. Perceba que fiz uma mistura no texto abaixo entre inglês e alemão.


Vamos agora rodar a verificação ortográfica


Digito que quero verificar "en" (inglês) e ele vai verificar que a palavra "eine" (um) não consta no dicionário de inglês, e oferece as opções normais do aspell.


Agora vamos verificar o mesmo texto em alemão (de). E o aspell vai identificar que o "is" não está no dicionário. Neste caso deveríamos substituir pela sugestão 5 (ist) que é o equivalente do "is" do inglês em alemão.


Bom, é isso.

Viel Spaß!
2009-08-30 11:48:00
Este é o antigo Live Helton

Então, português é minha língua mãe, eu não tenho tanto a aprender quanto nos demais idiomas, assim este blog não discute aprendizado do idioma, e sim tópicos randômicos de interesse do dia a dia. Tecnologia, desenvolvimento, um pouco de reflexão crítica, enfim, uma bagunça bem como nossa mente é.
RSS Feed
"A vida é curta demais para ser pequena / The live is so short to be small / Das leben zu kurz sind für kleine sein". (Benjamin Disraeli)