Link simbólico no linux

No meu caso tenho o client do oracle instalado no meu Ubuntu, mas o sqlplus que é o client para entrada dos comandos não cria-se na diretório bin, dessa forma toda vez teria que entrar na pasta de instalação do oracle e lá executar o sqlplus.

Segue uma solução simples.
root@servher:/usr/lib/oracle/xe/app/oracle/product/10.2.0/client/bin# ls
nls_lang.sh  oracle_env.csh  oracle_env.sh  ott  sqlnet.log  sqlplus  unzip  zip
root@servher:/usr/lib/oracle/xe/app/oracle/product/10.2.0/client/bin# ln -sf /usr/lib/oracle/xe/app/oracle/product/10.2.0/client/bin/sqlplus /bin/sqlplus
root@servher:/usr/lib/oracle/xe/app/oracle/product/10.2.0/client/bin# cd /
root@servher:/# sqlplus

SQL*Plus: Release 10.2.0.1.0 - Production on Thu Apr 8 20:46:04 2010

Copyright (c) 1982, 2005, Oracle.  All rights reserved.

Enter user-name: helton@(DESCRIPTION=(ADDRESS=(PROTOCOL=TCP)(HOST=192.168.1.116)(PORT=1521))(CONNECT_DATA=(SERVICE_NAME = SETREM)))
Enter password:

Connected to:
Oracle Database 11g Enterprise Edition Release 11.1.0.6.0 - Production
With the Partitioning, OLAP, Data Mining and Real Application Testing options

SQL>;

Aproveitanmdo, nesse código tem também o exemplo de como se conectar sem ter a TNS definida.
2010-04-08 23:03:00
Este é o antigo Live Helton

Então, português é minha língua mãe, eu não tenho tanto a aprender quanto nos demais idiomas, assim este blog não discute aprendizado do idioma, e sim tópicos randômicos de interesse do dia a dia. Tecnologia, desenvolvimento, um pouco de reflexão crítica, enfim, uma bagunça bem como nossa mente é.
RSS Feed
"A vida é curta demais para ser pequena / The live is so short to be small / Das leben zu kurz sind für kleine sein". (Benjamin Disraeli)