Como ler o Memo do plam com Plua

Bom, primeira coisa a saber que cada registro do memo, cada anotação lá não é um arquivo ou um banco de dados separado. Cada memo, cada nota é um registro na database MemoDB.

Lua, Plua é fácil, o código é auto-explicativo... Segue.
-- open memos for read
f,n = io.open("db:/MemoDB", "r")
text = "";
-- fetch all registers
for i = 0,n-1,1 do
f:openrec(i) -- open register
line = f:read("*l") -- read first line of register
if(line == "sd-vt") then -- if is a correct file that I need
s = f:read("*a") -- read all content of memo register
text = text .. s
end
end
f:close()

gui.control{type="field", lines=11, columns=30, text=text}

gui.main()


Código daqui: http://code.google.com/p/code4funfiles/source/browse/trunk/palm-sdvt/tests/read_memo.lua?r=10
2010-01-28 15:28:00
Este é o antigo Live Helton

Então, português é minha língua mãe, eu não tenho tanto a aprender quanto nos demais idiomas, assim este blog não discute aprendizado do idioma, e sim tópicos randômicos de interesse do dia a dia. Tecnologia, desenvolvimento, um pouco de reflexão crítica, enfim, uma bagunça bem como nossa mente é.
RSS Feed
"A vida é curta demais para ser pequena / The live is so short to be small / Das leben zu kurz sind für kleine sein". (Benjamin Disraeli)